Início Outros Órgãos Prefeitura de Socorro realiza atividade voltada à Saúde Mental para recepcionar alunos...

Prefeitura de Socorro realiza atividade voltada à Saúde Mental para recepcionar alunos na volta às aulas

26
0

 

A volta às aulas dos alunos da Escola Estadual Poeta José Sampaio, localizada no Parque dos Faróis, foi diferenciada. Com o objetivo de ressaltar a importância de trabalhar a saúde mental no ambiente escolar, a Prefeitura de Socorro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realizou uma atividade interativa para recepcionar os estudantes. A atividade foi ministrada pelas equipes de Saúde Mental dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e do Núcleo de Atendimento à Saúde da Família (NASF).

O município está sempre firmando parcerias com os diversos setores da sociedade, incluindo a educação. A ação realizada hoje foi uma iniciativa da Saúde municipal com o objetivo de prestar assistência ao máximo de pessoas possível. “Pensamos em fazer um acolhimento aos estudantes no seu no primeiro dia de aula, levando em consideração o período de pandemia em que eles estiveram ausentes do ambiente físico da escola. Na oportunidade, também ressaltamos os serviços que são disponibilizados na rede municipal de saúde”, disse a coordenadora da Saúde Mental, Joelma Souza.

O coordenador pedagógico, Marcelo Batista dos Santos, ressalta a importância da parceria entre o município e o Estado. “Essa é uma parceria importantíssima, uma grande iniciativa, porque no contexto da pandemia, nós notamos que os alunos retornavam para a escola precisando de um atendimento especializado. É gratificante contar com a parceria entre a escola e a Secretaria Municipal de Saúde, demonstrando sempre o cuidado com os alunos, tanto na área educacional como na saúde”, enfatiza o coordenador.

Os alunos interagiram bastante durante a ação. O momento contou com a apresentação de uma peça teatral e com depoimentos dos estudantes, que também parabenizaram a iniciativa. “Essa é uma chance para quem quer estar estável mentalmente para poder tentar se sentir melhor, uma chance para receber ajuda. Ultimamente, os alunos passam mais tempo no ambiente escolar do que em casa, e é na escola que começamos a apresentar nervosismo e frustrações. Trazer os profissionais para a escola significa que os alunos podem contar com uma ajuda mais especializada e com o apoio escolar”, destaca a aluna Aysla Adriele Carvalho, de 16 anos.

COMPARTILHAR